08/10/2009

I - PROVOCAÇÃO INICIAL

"A inteligência também me diz, a seu modo, que este mundo é absurdo. Por mais que o seu contrário, que é a razão cega, pretenda que tudo é claro, em vão espero provas, desejando, embora, que ela tivesse razão. Mas sei que tudo isso é falso, apesar de tantos séculos pretensiosos e por sobre tantos homens eloquentes e persuasivos. Pelo menos nesse plano, a felicidade não existe se eu não posso saber. Essa razão universal, prática ou moral, esse determinismo, essas categorias que explicam tudo, podem provocar o riso do homem honesto. Não têm nada a ver com o espírito. Negam a sua verdade profunda, que é a de estar acorrentado. Nesse universo indecifrável e limitado, o destino do homem toma, daí em diante o seu sentido. Ergue-se um povo de irracionais, que o cerca até ao seu fim derradeiro. Restituindo à sua clarividência e agora de acordo com ela, o seu sentimento de absurdo aclara-se e torna-se preciso. Fui depressa de mais, quando disse que o mundo era absurdo. Tudo o que se pode dizer é que esse mundo não é razoável em si mesmo. Mas o que é absurdo é o confronto desse irracionalismo e desse desejo desvairado de clareza, cujo apelo ressoa no mais profundo homem. O absurdo depende tanto do homem como do mundo. É, de momento, o seu único elo. Sela-os um ao outro, como só o ódio pode unir os seres. É tudo o que posso discernir claramente neste universo sem medida, onde a minha aventura prossegue" ("O Mito de Sísifo", Albert Camus)

NON-SENSE, é um espaço absurdo, sem sentido ou propósito, sem regras ou censura. NON-SENSE é a minha maneira de ver e partilhar o mundo, é o resultado de uma anterior experiência, aperfeiçoada ao seu habitual conteúdo. NON-SENSE serve para riscares o que não interessa. NON-SENSE é essencialmente irracional.

4 comentários:

K disse...

Excelente! Adorei a frase lá em cima!

H4rdDrunk3r disse...

também vou espreitando, sempre que puder! :)

TM disse...

Irracional é algo tão vasto que até nele cabe o mais racional que existe.... Vejamos o nosso exemplo, somos supostamente seres racionais, e no entanto são tantos os nossos momentos irracionais que tudo parece apenas um absurdo...

Miss Complicações disse...

Opto por comentar o primeiro de muitos posts ;) Já que é recente, porque não começar do inicio?
Esta primeira passagem por aqui, não é mais do que o satisfazer da curiosidade.
Vim ver como se vive para estes lados, o que se diz e o que se comenta. Não prometo visitas regulares, mas sim as que forem possíveis. A minha marca aqui fica. Prazer! Sou a Complicações, ainda que não seja nada complicada, porque o mundo por mais absurdo que seja é sempre desmontável. Como costumo dizer: é um simples cubo de Rubik. Dá trabalho a resolver mas não é impossível.

Despeço-me com os votos de muitas posts e visitas ;)